«

»

Textos para o ENEM – Parte 3

Nuvens coloridas

A luz solar ao encontrar gotas d’água ou cristais de gelo suspensos na atmosfera com tamanho da ordem do mícron – 1000 vezes menor que o milímetro -, sofrerá difração, ou seja, espalha-se em torno das gotas ou cristais. A sobreposição de vários espalhamentos formam as nuvens iridescentes, sim as nuvens coloridas…ou em fisiquês: as figuras de interferência.
Para certos ângulos de incidência dos raios solares em relação aos cristais ou às gotas, as ondas luminosas espalhadas estarão em fase, ou seja, sua sobreposição dará origem a efeitos luminosos mais intensos – interferência construtiva, no entanto, para outros ângulos, o espalhamento dará origem a ondas em oposição de fase, e por consequência, efeitos luminosos mais pálidos (menos intensos).
Infelizmente, nossa atmosfera não parece aquela do desenho dos Ursinhos Carinhosos todos os dias devido à distribuição dos cristais e das gotas na atmosfera. Apenas se as gotas e os cristais apresentarem basicamente o tamanho adequado, o efeito será claramente notado, caso contrário, o efeito será tão tênue que não será percebido.

Foto: Ricardo Bourscheid